ALIMENTAÇÃO E SÍNDROME DE CROHN (E COLITE ULCEROSA)

Este blog não é escrito por profissionais de saúde.
É um depoimento de uma experiência pessoal e fruto de pesquisa por conta própria - nós aconselhamos que siga sempre a medicação, exames de sangue e outros exames que o seu médico lhe passar em conjunto com a alimentação ou outras medicinas alternativas, é muito importante acreditar numa melhoria, ser positivo e calmo.

Viver uma vida equilibrada calma e positiva é muito importante para viver bem com crohn - ISTO é mesmo MUITO IMPORTANTE – não trabalhar apenas, todos os dias deve tirar algum tempo para si mesmo, fazer coisas que você ama para relaxar: algumas pessoas podem praticar ioga ou qualquer outro desporto, para outros relaxante é sobretudo ler ou desenhar. Escolha um passatempo (hobby) e pratique-o frequentemente para que ao fazê-lo se sintas melhor na vida, mais positivo e posteriormente mais calmo e menos doente.


Miguel, 42 anos. Há 12 anos foi-lhe diagnosticado Colite ulcerosa. Passado 1 ano o diagnóstico foi Síndrome de Crohn. Esteve em fase activa ou semi-activa, com altos e baixos durante 6anos. Chegou a fazer o Remicade durante 1 mês sem resultados e piorou de tal maneira que foi hospitalizado. De seguida como último recurso fez o Humira durante 2 anos e meio em que nos últimos 6meses desse tratamento, foi decaíndo, tendo que aumentar a cortisona e piorando. De seguida, em Janeiro de 2010 tentou voltar-se a fazer o Remicade mas entrou em choque alérgico, o que impossibilitou a continuação desse tratamento.
Estes dois últimos tratamentos (Remicade e Humira) têm uma grande taxa de sucesso na grande maioria dos pacientes com cronh, simplesmente o Miguel tinha um caso extremamente grave e não respondeu bem a essas terapias.

De repente com este diagnóstico e sem perspectiva de tratamento, virámo-nos para a medicina chinesa e o Miguel foi à Faculdade de medicina chinesa, para ter uma consulta. Agora regularmente tem sessões de acunpunctura e massagens Tui-na em conjunto com esta alimentação e o acompanhamento da medicina ocidental com os seu medicamentos.

Está finalmente estagnado mas ainda activo - em conjunto com a medicina tradicional chinesa toma imuran, salofalk, salazopirina e budenofalk. E vai às consultas no hospital onde é acompanhado pelo médico de 4 em 4 meses ou de 6 em 6 meses (varia conforme as necessidades dele) e nessas alturas faz os exames normais com análises ao sangue.
1 vez por ano colonoscopia

(((Antibióticos e anti-inflamatórios são "bombas" a evitar para quem tem crohn))))


A HISTÓRIA da razão da existência deste site
Quando lhe foi diagnosticado este síndrome, o Miguel esteve internado 3 semanas no Hospital com a sua 1ªcrise e perdeu dez quilos. Após 8 meses recuperou esse peso, graças à introdução dos alimentos que estão na lista que se segue.
Inicialmente, quando foi para casa, comia apenas sopa de cenoura, arroz, batata e massa, com peixe cozido ou carne passada na frigideira apenas com muito pouco azeite ou cozida. Foi a algumas consultas com a nutricionista, pois tinha medo de fazer asneira e começar a comer coisas que lhe provocassem uma recaída e tinha esperança que lhe ensinassem mais sobre os nutrientes e conselhos de alimentos que pudesse comer sem se preocupar. Mas nessas consultas, o que lhe foi dito foi: “Não existe nenhuma dieta específica. O Miguel tem que começar a comer tudo e vai sentindo as reacções do organismo. Vê se lhe faz gases ou se provoca diarreia. Experimenta um alimento diferente por dia e vai apontando num caderno se existe reacção ou não.” É normal este procedimento pois cada organismo é único, mas o Miguel não lhe apetecia ter sintomas novamente por isso não experimentou nada sem garantias que era bom para o seu organismo com esse síndrome. E foi então, nessa altura, que a esposa Ana começou a pesquisa por conta própria , pois gostaria de poder dar outros alimentos ao Miguel e de o ver a comer sem medo. O primeiro passo dado foi procurar em livrarias, livros sobre nutrição.

Os dois livros comprados que ajudaram são:
- “GUIA DOS ALIMENTOS VEGETAIS” DE JEAN-CLAUDE RODET da editora GRADIVA
-“O NUTRICIONISTA PARA BEBÉS E CRIANÇAS” DE VICKI EDGSON da editora DIDÁCTICA

"O Alfabeto das Vitaminas" e "O Nutricionista - Alimentos que cuidam do espírito e do corpo" são livros que ouvi falar mas nunca li.

Na internet, também já existem sites com alguma informação dispersa sobre alimentação e síndromes do intestino.


Em caso de uma crise aguda com diarreia os únicos alimentos que devem ser ingeridos são:

Sopa de cenoura ou abóbora
Arroz, alguma massa ou batata
Carnes e peixes grelhados ou cozidos
Chás (Principalmente chá de menta e chá verde. Para variar mas menos quantidade- cidreira, lúcia-lima, camomila)


-Isto são ideias de alimentação a partir de uma pesquisa e experiências pessoais.
Foram tudo experiências bem sucedidas, sem sintomas. Mas cada organismo é único. Esperemos que ajude e que corra bem.


Quando o Síndrome de Cronh do Miguel entrar em estagnação, talvez ele comece a experimentar outros alimentos, quem sabe…


ALIMENTOS PROIBIDOS, PARA COMEÇAR:

Cebola
Feijão
Grão
Favas
Lentilhas
Todo o tipo de couves
Couve-flor
Couve de bruxelas, etc
Nada de cereais, sementes e frutos secos
Tudo o que tenha muitas fibras
Especiarias fortes
Picante
Chocolate
Frutos secos (devido aos óleos)
Fritos
Óleos/gorduras no mínimo dos mínimos
Margarinas
Manteiga
Banha
Leite
Natas
Queijos crus (pastosos ou secos)
Café
Bebidas alcoólicas (devido à acidez do alcoól podem irritar o intestino)
Bebidas gasosas (devido às bolhas que podem irritar o intestino e aumentam os movimentos peristálticos do intestino, só se tiver com prisão de ventre)
Bebidas muito frescas (aumentam os movimentos peristálticos do intestino, só se tiver com prisão de ventre)
Fruta e legumes crus (só pode comer fruta e legumes se forem muito bem cozidos) no caso de estar mais estagnado pode começar por comer pêra e maçã cruas mas sem casca e só depois passar a experimentar outro tipo de fruta e mais tarde frutas com casca.
Evitar quando em crise activa ou semi-activa todo o tipo de fruta com casca, sementes ou fibras/sementes Ex: Morangos, Kiwis
Frutas tropicais só quando o síndrome estiver estagnado e experimentar poucas quantidades ou em sumos diluídos
No caso de o crohn estabilizar pode comer frutas sem casca. Mas cuidado com as frutas tropicais, é melhor comer inicialmente muito pouco para experimentar a reacção do organismo.


ALIMENTOS PERMITIDOS e alguns até benéficos
(Todos os alimentos, devem ser sempre bem mastigados)
O melhor são os cozidos ou grelhados
Carne de galinha (principalmente)
Carne de peru
(((---Carne de porco aumenta a diarreia devido a ser uma carne gorda mas se estiver prisão de ventre ajuda, carne de vaca experimente aos poucos mas sempre partes com nenhuma gordura, pois tenha sempre atenção que a gordura aumenta a diarreia))))
Soja
Carnes frias magras e sem gordura (fiambre de peru, fiambre de frango ambos podem ser fiambres fumados para uma degustação mais gourmet e para variar),
Todo o tipo de peixes (essencialmente benéfico, salmão, sardinha e cavala)
Chocos, lulas
Ovos
Pão branco ou pão com pouca fibra
Arroz carolino, vaporizado ou basmati - preferencialmente estes por serem de mais fácil digestão
Massa
Batata nova
Batata doce (principalmente cozida mas quando a doença está estagnada pode ser assada no forno)
Massa de ovo (chinesa) "Chinese Noddles" ou massa de arroz chinesa
Sopas de cenoura, abóbora, abóbora com agrião(tudo em creme), cenoura com ervilhas(em creme
Azeite
Margarinas vegetais
Planta, Becel, de soja ou outra do mesmo género (light ou para o colesterol)
Queijos - o Miguel só come queijo flamengo já fatiado e por vezes queijo fresco de cabra light (quando está com o crohn estagnado)
Leite de soja, leite de arroz, leite de amêndoa
Iogurte de soja ou dos outros conforme a tolerância à lactose (os probióticos que os iogurtes contêm são muito benéficos após diarreias mas nos casos mais graves de crohn, com muita precaução - quando a doença estiver estagnada pode-se comer iogurtes dia sim, dia não ou menos frequentemente)
Creme de cozinha de soja (Substitui as natas)
Molho branco (mas com leite de soja)
Legumes de folha verde (ex: espinafre, nabiça) reduzidos a puré/esparregado ou em sopas
Legumes de cor alaranjada – cenoura, abóbora – cozidos, assados ou em sopa
Feijão verde ou ervilha- sopa em creme ou puré (passado pelo coador para retirar as cascas)
Tomate pelado e sem as sementes
Courgette (descascada e cortando em 4 quartos retiram-se as sementes)
Brócolos (bem cozinhados e bem mastigados, vá experimentando)
Pimento Vermelho assado (é mais doce) nunca temperar com vinagre de vinho (só com a doença estagnada, com vinagre de cidra de preferência), só com azeite e sal
Cogumelos naturais
Beterraba (tem muito ferro e é bom para evitar anemia)
Beringela
Alho (sem abusar, normalmente usamos em pó muito pouco)
Ervas aromáticas (experimentar aos poucos em pouca quantidade)
Chás (verde, menta, cidreira, lúcia-lima, etc.)
Bebida de cevada
Banana (quando está a doença estagnada - banana mais verde prende o intestino, banana extremamente madura solta o intestino - o ideal é a meio do amadurecimento)
Maçã (muita maçã, de todos os tipos)
Pêra
Ananás (anti-inflamatório e digestivo) pode comer de vez em quando, desde que não esteja com diarreia (bem mastigado e pouca quantidade) ou então apenas em sumo
“Blédines” de fruta (fruta em puré em frasco para bébés)
Maçã assada no forno com merengue - (claras batidas em castelo com açúcar e um pingo de limão)
Compotas (desde que sem sementes ou fibras. Ex: pêssego, cenoura, abóbora, maçã, pêra)
Canela (em pequenas quantidades absorve os gases em grandes quantidades pode causá-los) portanto só usar se estiver o crohn estagnado
Amêndoa (sem casca e torrada) é dos frutos secos o que contém menos óleo - em pouca quantidade, vá testando aos poucos (ideal para fases de prisão de ventre)

Com o síndrome estagnado pode começar a experimetar alimentos da lista dos que evita, inicialmente poucas quantidades e mais tarde pode ir aumentando as quantidades


-O ideal é não comer farináceos mas....
os melhores bolos e doces para começar a experimentar:
Essencialmente bolos secos e que não tenham muita gordura, nem sejam fritos
Nada de recheios à base de natas/chantilly se for intolerante à lactose
Bolo de arroz
Línguas de veado (biscoito seco de Portugal)
Línguas de Sogra (biscoito seco de Portugal parecido com bolacha de gelado)
Canudinhos(bolachas) que se usam nos gelados
Suspiros (doce muito leve, feito de merengue em pequenas porções, que são assadas num tabuleiro em forno brando)
Bolo ou tarte de maçã
Bolo de cenoura
Bolinhos secos de amêndoa
Tarte de amêndoa (quando estagnado ou em pouca quantidade)
Pudim Molotov com caramelo (pudim de claras)
Gelatina, claro

DEVE TOMAR UM SUPLEMENTO VITAMÍNICO.
O suplemento pode ser específico das vitaminas em falta. ou daqueles de A a Z no mínimo MÊS SIM MÊS NÃO, INTERCALADO - de preferência tomar sempre todos os meses claro.


ALGUNS NUTRIENTES QUE POR VEZES PODEM FICAR EM FALTA
(devido ao síndrome)

Cálcio (se não conseguir beber nenhum leite)
Vitamina D
Vitamina B12
Ácido Fólico
Potássio
Magnésio
Zinco


DIVULGUEM!



Algumas ideias de receitas de pratos confeccionados em nossa casa:


  • Bife de peru enrolado em fiambre de peru fumado (acompanhamento à escolha)

  • Esparguete à bolonhesa (mas sem a cebola e é com soja granulada muito fina)com polpa de tomate (na polpa de tomate adiciono sempre um pouco de açucar amarelo para retirar a acidez do tomate)

  • Sangacho de Atum(ou atum (em lata) com natas de soja(chama-se creme de cozinha de soja também) massa ou esparguete

  • Peito de frango aos cubinhos com courgette ao cubinhos(sem as sementes nem a casca) e tomate pelado(retirar as sementes) pode ser com arroz Basmati ou outro acompanhamento à escolha

  • Os pratos podem ter a acompanhar, para quem gosta de fruta, pedacinhos de ananás(abacaxi), maçã pêra. Por exemplo se estiver com a doença estabilizada carne de peru ou frango com pedacinhos de ananás (abacaxi) ou pêra ou abóbora mas se estiver com a doença um pouco menos bem, talvez o ideal seja carne de peru ou frango com pedacinhos de maçã ou cenoura. 

  • Quando as fezes estão muito duras pode comer batatas fritas (nada de exageros claro e só se tiver estagnado) e carne de porco pois as gorduras ajudam a libertar as fezes duras.
  • Para a prisão de ventre - Beba/ingira mais líquidos também, por exemplo batidos, sumos, água, chá e sopas batidas/passadas com varinha mágica.

39 comments:

Anonymous said...

Mto obg pelo blog. Vai ajudar me imenso. Fui diagnosticada recentemente qdo estava gravida.

Boa sorte.
Cristina Costa

Marilisa said...

Minha filha de 22 anos foi diagnosticada pouco antes do natal. Foi um susto muito grande. Obrigada pelo blog, esta sendo muito útil. Felicidades.

Rodrigo Arena said...

Olá, fui diagnosticado com Colite Ulcerosa em Janeiro e tem sido complicado. Sou brasileiro, mas vivo em Portugal. Obrigado pelo blog

Anonymous said...

olá MT obrigada pelo site tenho crhon mas sem mta crises de ir a correr para a casa de banho , o Meyer caso sao mais gases e perda de peso e até agora ainda não consegui encontrar uma dieta para mim

Klara Monnik said...

legal 0 post, há duas semanas estou muito ruim..segundo o profissional é colite, porém também estive com a pressão alta
Pois bem, pesquisando na net só encontro pessoas com diarreias e o meu caso é o reverso, assim, as orientações sobre alimentação foram contrarias ao que acredito estar precisando e o profissional que me atendeu passou dieta para gastrite, o negocio tá bagunçado, estou perdida,mas cheguei ao seu blog procurando se podia ingerir cervada e encontrei muito mais informações. obrigada

joao said...

Bom dia. Tenho tb colite ulcerosa desde 1998. Ultimamente pesquisado a fundo a alimentaçao a ter visto que os medicos nao sabem. Revejo-me completamente no seu blog e a alimentaçao q estou a fazer desde janeiro vai muito de encontro ao que aconselha. Noto melhorias desde janeiro, altura em q tive umas das minhas piores crises. Estou ate a pensar em fazer tb um blog pq cheguei a conclusao q a informação é pouca e temos de falar uns com os outros e trocar expwriencias. Os medicos so nos prescrevem medicamentos. Uma questao que pouca gente da importancia é a psicologica. Como somos? Havera um padrao? Eu sou ansioso e talvez demasiado realista facilmente confundido com um pessimista. E voces? Eu atualmente tb ando num psicologo e acho que tem ajudado. Ando mais tranquilo e isso deve ajudar.

Edemar Martins said...

tenho crohn desde 2009, e suas observações me serão muito úteis, obrigado por abrir seu coração, ABS e fiquem com ELE
Tomo Humira, azatioprina e remédios da pressão tenho 63 anos.........ABS

silvia said...

Obrigado pelo blogg
é uma doença "tramada" desde que sei que tenho que ando perdida, fazia uma alimentação muito á base de saladas, porque gosto e porque tenho tendencia a engordar, agora ando farta de arroz e massa... e estou gorda :(

Silvia Lopes said...

Obrigada pela informação clara e sintetizada, foi-me diagnosticada colite ulcerosa á 4 anos, estive 2 anos sem sintomas agora ando outra vez mal, não sei o que comer, ando farta de arroz, massa e pão.
Antes alimentava-me á base de fruta e saladas cruas, gosto e tenho tendencia a engordar, desde que foi feito o diagnostico já engordei muito, muito ando triste e deprimida, não gosto de me ver assim, mas se como algo verde fico ainda com mais dor de barriga e mais gazes.

gredston lima said...

tenho colite e realmente é muito complicado seguir uma dieta, fico desesperado na crise e diarreia pesada, mas vou seguir essa sua sugestão alimentar. vlw

Maria João said...

Boa tarde. Foi-me diagnosticado Crohn este mês. Ainda estou a tentar a ultrapassar a minha primeira crise.
Para mim o feijão verde bem como sopas não tem ajudado muito.
Ainda estou com uma alimentação muito reduzida mas reparei que um carioca de limão a seguir as refeições me ajuda a não sentir desconforto no estômago nem nos intestinos.
Não tenho tido alterações no peso pois também adoptei o acto de beber muita água/chás/infusões ao longo do dia e andar a pé pelo menos 30 minutos seguidos duas vezes por dia.
O arroz tem funcionado muito bem comigo (pena é não ser doce ;) )
Quando sinto que um dia foi mais "cansativo" opto por jantar pêra ou maçã cozidas.
Tenho evitado sal e gorduras ao maximo possível na confecção da comiga (grelhados e cozidos e opto sempre pelo cozido sempre que posso).
O meu medico também me alertou para tentar evitar stress e ansiedade.
Sou ansiosa por natureza. Como tal comecei a meditar em 2012. Agora com a doença tenho-me dedicado mais à meditação e tento meditar pelo menos duas vezes por dia (em caso de stress fora de casa, vou a WC e tento acalmar a mente)
Também tem funcionado comigo reiki, pelo menos já não sinto o desconforto e dores que sentia no inicio desta crise (reiki especialmente no segundo e terceiro chakra).
Acredito que o equilibrio entre mente e corpo, ou vice-versa, é essencial para uma vida mais tranquila e mais livre de condicionamentos.
Agradeço a partilha deste blog que para mim foi bastante elucidativo. Tive conhecimento atravez de uma amiga que conhece o Miguel.
Espero que o meu testemunho possa também ajudar alguém.
Abraços a todos e acima de tudo mente positiva pois a negatividade só piora as crises.

Anonymous said...

Meu irmão agora com 47 anos foi diagnosticado primeiro há alguns anos com chron , depois colite ulcerativa. Quero ajuda-lo em descobrir tratamentos complementares e dietas boas, curativas. Boas as dicas sobre as sopas, o uso do abacaxi, e os chás. Alguém saberia dizer sobre o efeito da acupuntura neste tratamento? Obrigada . Somos de São Paulo, BRASIL

Anonymous said...

ola

gostava de partilhar ideias com alguem que sofra de colite ulcerosa. tb sofro do mesmo e é bom sabermos que nao estamos sos nesta luta pq as vezes e desesperante.
obg
elisa

elisb@sapo.pt

Scooby said...

Tenho 64 anos, e descobri, que tenho retocolite ulcerativa aos 50 anos.Sendo que sofro com este problema desde os 13 anos de idade, sofri muito, porque não tive adolescência e os médicos não descobriam a minha doença.Tinha diarréias, que era água pura por meses.Com isso não podia sair de casa, então não vivia.Vivia depressiva, pois via todas as amigas da m/idade passeando e eu não podia.Teve um médico que chegou, a me falar que"eu tinha que aprender a conviver c/a doença e não me medicou.
Graças a Deus, aos meus 50 anos, encontrei um médico que caiu do céu, como um anjo, me encaminhou, p/o Hospital Grafée Guinle, Tijuca-RJ.Me trato neste hospital, faço uso de sulfassalazina 500gr.É uma doença que não tem cura, mas com a medicação, podemos ter uma qualidade de vida melhor.Atualmente estou em crise, mas nem se compara, como ficava antigamente.Comer o que fôr verde p/mim é difícil, pois me faz mal, principalmente sopa creme de ervilha.Chás só erva doce e camomila.
Nada de comer coisa c/muitas fibras.O que como mais é cenoura, um pouco de batata doce, tomate, macarrão, peito de frango, sardinha, salmão, carne magra.Gordura, quase nada.Uma gota de azeite.Uso muito arroz escorrido.Obrigado pelo blog, agora vou poder testar mais alguns alimentos.

Vanessa said...

Tenho tido muita dificuldade em achar pessoas com essas doenças que não apresentem esse padrão de diarréia, gostaria de trocar informações e conversar com alguém que pudesse me entender, obrigada pelo blog e pelo apoio, força e coragem para todos, que Deus nos ajude sempre.

Cristiano Simões said...

Boa tarde,

Infelizmente sou pai de um menino que vai fazer 3 anos em Setembro e que lhe foi diagnosticado uma doença inflamatoria intestinal de origem desconhecida desde os 6 meses de vida. Nada de leite, nada de glutem e constantemente sangue nas fezes. Tanto eu como a minha esposa estamos desesperados de cabeça perdida sem saber o que fazer.

Obrigado, por este blog, para mim serviu tambem de desabafo.

Ana Carla Campos said...

Olá, tenho colite ulcerativa já faz 10 anos. Estou sempre a procura de uma dieta para as crises. gostei muito do que vc postou sobre alimentação. Eu trato a colite com mesalasina supositório e azatioprina. Por mais que tenhamos uns meses de remissão a danada da colite volta e então é começar tudo de novo. Mas tenho fé que um dia teremos uma medicação que nos ajude a eliminar essa doença do nossos intestino.
Um abraço a todos.

Su said...

Foi diagnosticado ao meu marido Colite Ulcerosa à 3 anos.
Até hoje não li nada como li aqui.
Muitas dúvidas sobre alimentação surgiram e tanto médicos, como associações, como sites não descrevem nada parecido como li no seu blog.
O Blog está muito transparente e ajuda imenso.
Muitos Parabéns pelo que escreveu e OBRIGADA por publicar a sua vivência. Pois nada melhor que isso para nos sentirmos compreendidos e ajudados.
Sempre nos foi falado que existem 2 fatores predominantes, o stress (emoção) e alimentação.
Sente que as recidivas ou crises que tem, estão de algum modo ligadas a esses dois fatores?
Com o apoio da medicina alternativa, consegue deixar de tomar medicação?

Felicidades!!

Simple things said...

As crises do Miguel são despoletadas realmente por esses 2 factores, stress e alimentação SEMPRE (principalmente o stress é o pior dos 2).
Em relação à medicina tradicional chinesa (massagens Tui-na, acunpunctura) ajudaram em muito a DIMINUIR a medicação mas como o caso do Miguel sempre foi um extremo muito grave - antes tomava 20mg de cortisona e com os tratamentos alternativos já deixou de tomar completamente cortisona há 4 anos, no entanto ainda toma 2 medicamentos (Salofalk e Imuran.

A continuação das melhoras!

Beatriz imperial said...

Oi Ana ! Eu tenho colite ulcerativa há um ano e queria trocar algumas dicas com vc sobre alimentação. Estou em crise no momento e perdida.Add WhatsApp se puder....6581170725

Simple things said...

Olá Beatriz,
Não temos WhatsApp mas se quiser contacte-nos via E-mail para coisassimples2@gmail.com

A continuação das melhoras!
Miguel & Ana

Anonymous said...

Olá!
Adorei a matéria. Tenho Colite ulcerativa há 3 anos e as crises são muito fortes, causam até febre. Com certeza as dicas de alimentação serão muito úteis.

Jessica Pontes said...

Olá amigos quero comentar aqui o meu caso e a simples solução que encontrei.

Eu durante 10 anos tive muitos problemas de intestino fiz 3 vezes Colonoscopia, passei por 5 médicos todos com
diagnósticos diferentes, mandaram eu trocar a alimentação não comer chocolates, especiarias, gorduras, frutas,
feijão, repolho, brócolis, leite, bebidas gaseficadas, álcool e principalmente alimentos com gluten.
Segui a risca todas as recomendações e nada adiantou.

Meus Sintomas eram esses:
- Estresse - acho que todos que tem problemas com intestino é estressado ou meio depressivo, no meu caso era assim.
- Dor Abdominal Forte ou Cólicas
- Gases
- Diarréia ou Constipação - dependendo do que eu comia esse quadro se alternava, alguns dias dava diarréia outros prendia o intestino
- Muco nas Fezes

Era meio estranho pois tinha tempos que dava uma melhorada e tinha tempos que parece que esses sintomas se agravavam.

Até que há 2 anos atrás eu comecei a pesquisar sobre probióticos e prebióticos e cheguei a conclusão que o melhor custo benefício como probiótico
seria o Kefir de Leite e o melhor prebiótico seria a fécula de batata crua pois ela é um amido resistente puro e encontra em qualquer mercado.

O amido resistente que no caso é a fécula de batata crua passa direto pelo aparelho digestivo sem ser digerido e vai parar no intestino intacto e esse amido resistente serve como alimentação para as bactérias boas do nosso intestino,
essas bactérias boas você consome através do Kefir de Leite que é uma colônia de bactérias boas para a restauração e renovação da nossa flora intestinal.

Comecei a consumir todos os dias 2 copos de Kefir de Leite misturado com 1 colher de sopa de fécula de batata crua, parece uma coisa muito simples não ?

Por incrivel que pareça em 1 semana meu intestino já regularizou, em 2 semanas não tinha mais nenhum sintoma, continuei tomando e tomo até hoje todos os dias
depois de 4 meses que eu estava tomando fui fazer uma nova colonoscopia e o médico se surpreendeu comparando com os antigos resultados, eu contei para ele o que estava tomando e ele
confirmou que realmente tem muitas pessoas tendo ótimos resultados e benefícios com o Kefir de Leite mas como ele não têm autorização para receitar produtos naturais e só pode
receitar remédios de laboratórios e de farmácias ele não receita de forma alguma, mas disse que era para eu continuar tomando que isso tinha me curado.

Descrevi aqui exatamente o que o médico me falou.

Então pessoal estou deixando aqui esse relato para quem interessar que pesquise sobre o Kefir de Leite, na internet e youtube tem muitas informações, vocês vão se surpreender.

O único problema desse Kefir de Leite é que é difícil de encontrar, mas eu encontrei um site que vende pelo valor de R$24,90 já com o frete incluso e entregam em todo o Brasil.

o site é esse:

kefirdeleite.com


O Kefir de Leite quando você compra vem os grãozinhos e com esses grãos você mesmo vai fazendo em casa pois ele vai reproduzindo e vai tomando todos os dias, você compra apenas uma vez e se bem cuidado dura anos e anos.

Então não custa dar uma pesquisada pois o meu estado eu considerava grave e me incomodava demais, estou deixando esse post em agradecimento a esse abençoado Kefir de Leite que mudou a minha saúde.

Maria Miguel Fonseca said...

Em 1998, comecei com sintomas semelhantes a colite ulcerativa/doença de Crohn. Este ano Janeiro tive uma crise q já não tinha a anos. O seu blog ajudou a relembrar os alimentos a evitar e os q podemos comer. Mto obrigada. Para além dos medicamentos clínicos também faço medicina alternativa homeopatia q tem ajudado muito.😉

Unknown said...

Tenho colite ulcerativa minha alimentação ta péssima. quase todos alimentos esta me fazendo mal. Tem horas que vc fica meia apavorada! Foi ótimo as dicas

Andreia said...

Boa retocolite ucerativa a 3anos e no momento estou em uma das minhas piores crises,perdi meu pai faz dois nesses e o meu médico falou que devido ao emocional céu e crise.Está sendo minha pior crise não consigo comer tenho diareia várias vezes as dia com muita cólica e ânsia de vômito junto,está muito difícil porque as informações sobre como se alimentar são difíceis,gostei muito do blog e vou acompanhar.

Estrela@ said...

Ola sou mais uma na lista da colite ulcerativa estou tratando a 6 meses a primeira crise me assustou muito fiquei hospitalizada uma semana com febre muita dor abdominal diarreia com sangue emagrecimento fiz o exame de colonoscopia onde foi diagnosticado retocolite ulcerativa tomo mesalazina 12/12 horas e medicação para ansiedade tambem duloxetina e pregabalina pois também tenho fibromialgia sou enfermeira e uma vida muito stressada ansiosa de acordo com os médicos isso agravou minha situação. Minha dieta esta muito restrita e esse blog me ajudou muito principalmente em relação a dieta .. Abraços e força pra nós e vamos relaxar pq como ja li aqui em algum depoimento a mente tranquila ajuda muito mesmo meditação relaxamento é fundamental..

Su said...

Boa tarde, quero agradecer e dar os Parabéns ao Miguel pela iniciativa e pelo blog. Infelizmente as causas não são as melhores, mas talvez juntos se consiga ultrapassar mais facilmente o mal.
Eu estou a comentar, mas quem tem DII (colite ulcerosa) é o meu marido, foi-lhe diagnosticada em 2012 e desde aí que toma salofalk, pentasa. Nunca deu muita atenção alimentação, porque médico sempre disse que não seria pela alimentação....Ele já fez acunpuctura (Pedro Choy) em que não sentiu melhoras, já fez varias mudanças de medicação e também sem sucesso. Teve varias crises, mas a mais acentuada e pior está ainda activa desde Setembro 2015, perdas de sangue é o único sintoma que tem.... actualmente foi-lhe adicionado imuran o medico que o acompanha desde sempre Dr. Luis Salazar de Sousa, falou-lhe nos medicamentos biológicos!! Estamos apreensivos quanto a iniciar....

Su said...

Obrigada pela resposta. O meu marido está neste momento em crise e anda desesperado porque começou a perder sangue, fez em dezembro lepicortinol 50mg e o sangue parou mas no desmame a partir quando dos 20mg voltou sangue e não estabiliza. Foi-lhe acrescentado também imuran 175mg. Com a alimentação, so agora é que está a ser rigoroso. Também ja faz acunpuctura (Pedro Choy) mas nesse campo nao sente melhoras. Hoje fez colonoscopia e colite continua ativa....medico sujere medicacao biologicos, mas temos receio, porque a administração dessa medicação deveria ser dada 14/14 meses e em Portugal os médicos administram 6/6 semanas! Trazendo graves consequências para os doentes! Só nos falta experimentar homeopatia. Tem algum contacto? Obrigada.

fabito said...

Olá boa noite, tenho dito o diagnóstico da doença de Crohn a algumas semanas e estou com crise aguda (os mesmos sintomas que o seu) não consigo comer nada, me interessei muito pela sua dica e seu depoimento, mas tenho muitas dúvidas em relação ao kefir. Poderia me add no whats para me explicar algumas coisas sobre? Esse é o meu número 61-984377022, forte abraço.

Oriana Alves said...

Olá! Quero agradecer ao Miguel pelo blog! Tem ajudado imenso! Foi me diagnósticado cronh há dois anos, tendo eu 25anos e confesso que tem sido muito difícil lidar com a doença e sobretudo aceita-la! Neste momento estou com uma crise bastante aguda e muito difícil de controlar, com bastante dores, diarreias constantes, vômitos, bastante perda de peso, bastante gazes! As dicas de alimentação ajudaram imenso pois pesquiso sempre várias coisas na internet mas nada aparece como li aqui! Sinto me perdida, por vezes mesmo desesperada! Tenho já de mim o sistema nervoso alterado, sou bastante estressada e vou começar agora a praticar yoga, esperando que me ajude! Obrigado pelo blog e sobretudo pelo desabafo! É bom saber que não estamos sozinhos! Muita forças e rápidas melhoras a quem está a passar por uma crise!

Rosane Campos said...

Agradeço pela matéria do Blog e os comentários que tbm são muito uteis para quem sofre com este diagnostico, descobri meu problema faz apenas 2 meses, está sendo muito difícil para mim, preciso da ajuda de vcs para que seja amenizado o quadro da infecção, agradeço de coração por todos, especialmente do Blog e peço por gentileza se estiverem mais algumas dicas e descobertas me auxilie, conto com a ajuda de vcs, abraço

Natalina said...

Gostaria de saber o none da faculdade de medicina onde faz a acunpun e massagem tui na. Obrigado.

Simple things said...

Boa tarde aqui fica o site http://www.esmtc.pt/
As melhoras e corra tudo bem.

Liliana romana said...

Bom dia! A leitura do blog foi útil sim. Tenho chron há 7anos, e pouca informação, nomeadamente em relação à alimentação. Ontem consultei um novo medico mais esclarecedor.. Boas melhoras para todos!

Teresa said...

Obrigado! :)

luis almeida said...

Ola tenho 27 anos e foime diagnosticado crohn aguda ,andava desesperado pois todo tipo de comida me fasia ter crises de morte ,pesquisei sem fim um solucao e como tal encontrei esta pagina exprimentei faser o mesmo procedimento do miguel e estou me sentindo melhor ,para mim esta pagina foi ilhiper benefica no meu conforto intestinal um obrigado enorme a senhora ana que publicou este artigo caseira com grandes mudancas para a minha saude pois ja desesperava por algo qe n me fizesse crises ..atentamente Luis Almeida /Portugal

Lígia Vieira said...

A mim foi me diagnosticado colite ulcerosa em novembro de 2015. Tive internada 15 dias e graças a deus tive bastantes melhoras.
Até à 2 semanas atrás passar por um falecimento e neste momento estar com uma crise de morrer. Fezes constantes liquidas com sangue enjoos e vómitos. Ja nao sei o que realmente comer ou não! Tomo solofalk 3g e lepicortinolo 20mg.
Portugal

Luis Baeta said...

Boas tenho doença de crohn já alguns anos e passados estes anos ainda não sabia o que comer pois nunca liguei muito a doença mas estes dois últimas dois anos tive varias crises e começei a fazer o humira mas mas andava muito cansado pois ja não sei o que comer e para ajudar sou uma pessoa muito nervosa mas graças a deus vi este blog e comecei a seguir o vosso conselho e aos poucos tenho exprimentado e pareçe que vai resultar mas tenho que ter em atençao aos meus nervos se não resulta mas muito obrigado pot esistir pessoas como voçes que queiram ajudar os outros muito obrigada pois ja andava desesperado sem saber o que comer ou fazer. Luis Araújo de portugal